E.S.S. - Emerg�ncia, Seguran�a e Sobreviv�ncia
Simulado de
1 - No pr-vo, a prioridade do check list dever ser com relao a:
condies de limpeza dos toaletes
equipamentos de emergncia
alimentao
revistas e jornais
2 - O veneno da cobra surucucu o:
laqutico
elapdico
crotlico
micrrico
3 - As poltronas da cabine de paxs so equipadas com cintos de segurana com reteno:
cordas de escape
escape slides
abdominal
ventral
4 - Quantas cordas de escape rpido existem num BOEING 737?
2
3
4
1
5 - Explosivos inflamveis, oxidantes, venenosos, materiais radioativos, corrosivos, so artigos considerados:
especiais, s podendo ser transportados conforme determinao de rgos competentes
perigosos e classificados como carga restrita, sendo o seu transporte efetuado de acordo com a determinao de rgos competentes
perigosos e classificados como carga especial
especiais, que sero transportados de acordo com as especificaes da empresa
6 - Para purificar 5 litros de gua, devemos adicionar ___ gotas de iodo e esperar __:__h
25 e 00:30
40 e 02:30
40 e 00:30
25 e 02:30
7 - As sadas de emergncia com coeficiente de evacuao de 30-40 paxs em 90 segundo so as sadas tipo:
I
II
III
IV
8 - O painel luminoso indicador de chamadas composto por quais luzes coloridas:
n.d.a.
vermelho, amarelo e anil
rosa, mbar e azul
roxo, verde e azul
9 - O CAF deve ser utilizado por:
pax, como oxignio teraputico
comissrios, como uso em situaes de emergncia
pax, em situao de fogo a bordo
comissrios, como uso teraputico
10 - De acordo com o RBHA-121, as aeronaves com capacidades para at 180 passageiros devero possuir a bordo para casos de emergncia, conjuntos de primeiros socorros em nmero de:
4
1
3
2
11 - Em uma situao de emergncia real, a instruo que dever ser dada aos passageiros, em relao utilizao dos coletes salva-vidas, orienta para que estes sejam inflados:
com os passageiros sentados em seus lugares, antes do pouso
na soleira da porta ou sobre a asa, antes de abandonar a aeronave
quando os passageiros estiverem de p no corredor
aps o pouso, dentro da aeronave
12 - O procedimento certo para se abrir uma janela de emergncia da cabine de pax (Boeing 737) ser:
pressionar o retngulo acima do visor da porta
puxar o comando superior para baixo, com a outra mo levantar um pouco e retirar a janela
abrir a janela, sair usando perna-tronco-cabea-perna
puxar o comando superior para cima e com a outra mo retirar a janela
13 - O sistema de pressurizao tem como finalidade manter o interior da aeronave a uma altitude de:
8.000 m, mesmo variando em sua real altitude
35.000 ps
35.000 m
8.000 ps, mesmo variando em sua real altitude
14 - Em uma evacuao, constatando-se que uma sada no deve ser aberta por haver condies externas adversas, o comissrio responsvel pela mesma dever:
aguardar instrues da cabine de comando
permanecer junto sada em questo e direcionar os paxs para outra sada
solicitar instrues ao chefe da equipe
dirigir-se a outra sada de emergncia, solicitando que os passageiros o acompanhem
15 - De acordo com o RBHA-121, as aeronaves com capacidades para at 180 passageiros, devero possuir a bordo, para casos de emergncia, conjuntos de primeiros socorros em nmero de:
2
1
4
1
16 - Como podemos classificar uma despressurizao:
lenta, contnua e rpida
lenta, rpida e explosiva
secundrias e primrias
contnua, imprevista e repentina
17 - Nos toaletes, como sistema preventivo de fogo, existe um dispositivo em seu interior. Indique-o abaixo:
espelho com iluminao de alarme
detector de fumaa
capuz antifumaa
aviso luminoso
18 - Em uma emergncia preparada, o motivo pelo qual os comissrios mandam retirar brincos e objetos pontiagudos, para:
no ser usado como arma
evitar ferimentos no pouso
no estragar os equipamentos de combate ao fogo
no perder na hora do impacto
19 - Os fatores que podem originar um acidente so:
humanos, tcnicos e materiais
tcnicos, humanos e operacionais
desconhecidos, meteorolgicos, operacionais, casuais, tcnicos e humanos
tcnicos, casuais e operacionais
20 - O momento adequado para se abrir as sadas de emergncia, quando uma evacuao se tornar evidente, aps a parada total da aeronave, ser:
aguardar a chegada do servio de apoio terrestre
aguardar a chegada do corpo de bombeiros e da manuteno do aeroporto
combater o fogo se houver, porque h risco de exploso
efetuar o corte dos motores e a verificao da rea externa