E.S.S. - Emerg�ncia, Seguran�a e Sobreviv�ncia
Simulado de
1 - Para atuar com sucesso numa situao de emergncia deve-se antes:
estar familiarizado com todo o equipamento que se tem disposio
saber apenas como se operam as escorregadeiras e sadas de emergncia
estar familiarizado com os outros tripulantes e tambm com as sadas de emergncia
saber apenas onde est localizado os extintores, mscaras, megafones e machadinhas
2 - O tempo de uso da CAF ser de:
15 minutos
10 minutos
20 minutos
05 minutos
3 - Havendo alijamento de combustvel, o comissrio dever avisar aos paxs quanto a:
no acender e nem ligar luzes individuais ou usar objeto que produza fasca
colocar as bandejas de alimentos no cho
desembarcar rapidamente para evitar danos maiores
escorregar e saltar pelos escapes slides
4 - Havendo uma despressurizao da cabine, as mscaras do sistema fixo de oxignio ficaro disponveis para quando a altitude da cabine atingir:
14.000 ps
14.000 m
10.000 ps
10.000 m
5 - O CAF deve ser utilizado por:
comissrios, como uso em situaes de emergncia
pax, como oxignio teraputico
comissrios, como uso teraputico
pax, em situao de fogo a bordo
6 - Em uma emergncia preparada, o motivo pelo qual os comissrios mandam retirar brincos e objetos pontiagudos, para:
no perder na hora do impacto
evitar ferimentos no pouso
no ser usado como arma
no estragar os equipamentos de combate ao fogo
7 - Tero maior probabilidade de conter gua, os cips...
verdes
tranados
de casca fina
de casca grossa
8 - O sistema fixo de extino de incndio dos toaletes acionado automaticamente quando a temperatura atingir:
70F
170C
174F
104C
9 - O painel luminoso indicador de chamadas composto por quais luzes coloridas:
rosa, mbar e azul
n.d.a.
roxo, verde e azul
vermelho, amarelo e anil
10 - A seqncia correta para uma pessoa abandonar a aeronave atravs das janelas de emergncia da cabine de comando :
as pernas e depois o restante do corpo
uma das pernas, a cabea, a parte superior do tronco e por fim a outra perna
a cabea, a parte superior do tronco e por ltimo as duas pernas
os braos, a parte superior do tronco e finalmente as pernas
11 - O agente extintor do tipo BCF conhecido na aeronave no sistema:
fixo externo
porttil interno
fixo interno
porttil externo
12 - Qual a freqncia VHF utilizada como freqncia internacional de emergncia?
121,5
118,7
120,5
125,1
13 - Como podemos classificar uma despressurizao:
lenta, rpida e explosiva
contnua, imprevista e repentina
lenta, contnua e rpida
secundrias e primrias
14 - "Coeficiente de evacuao" corresponde ao nmero de pessoas que podem sair:
por uma sada de emergncia em 90 minutos
por uma sada de emergncia operativa em 90 segundos
pelas portas
da aeronave
15 - Ao sair da aeronave por uma sada de emergncia sobre a asa deve-se escorregar pelo:
bordo de ataque
escape slide, pista dupla
escape slide, pista simples
flap do bordo de fuga da asa
16 - As sadas de emergncia com coeficiente de evacuao de 30-40 paxs em 90 segundo so as sadas tipo:
I
III
IV
II
17 - Quanto ao uso de assentos flutuantes, deve-se informar aos paxs que eles devem:
amarr-los na cintura e ombros
vesti-los no interior da aeronave
lev-los consigo e abraar usando as tiras
coloc-los sem sair do lugar
18 - Para portas tipo "A", tem-se como coeficiente de evacuaes para sada de emergncia operativa:
90 a 100 pessoas em 90 seg
50 a 55 pessoas em 90 seg
20 a 30 pessoas em 90 seg
100 a 200 pessoas em 90 seg
19 - De acordo com o RBHA-121, as aeronaves com capacidades para at 180 passageiros devero possuir a bordo para casos de emergncia, conjuntos de primeiros socorros em nmero de:
4
1
3
2
20 - Um comissrio deve ter em mente trs princpios bsicos para atuar com segurana em caso de fogo a bordo:
preveno - extino - combate
preveno - salvamento - combate
conteno de pnico, salvamento - preveno
vigilncia - extino - preveno