Regulamentos de Tráfego Aéreo - VFR
Simulado de
1 - A nica posio crtica em que a aeronave encontra-se em vo, a posio de nmero:
1
5
3
4
2 - Aps a decolagem de uma localidade desprovida de rgo ATS e sala AIS, a aeronave que pretende voar VFR em rota, deve apresentar em vo, ao rgo ATS apropriado o plano:
AFIL
RPL
FPL
AFIS
3 - No solo, antes da decolagem, a presso para o ajuste de altmetro em:
QNE
QNH
QFE
QFF
4 - compulsria a apresentao do plano de vo:
em vo de aeronave em misso SAR
antes de ser realizado vo IFR
em vo VFR, cuja decolagem ser realizada de aerdromo desprovido de rgo ATS, at que haja possibilidade de estabelecer comunicao com um rgo ATS para apresentao do AFIL
em vo VFR de aeronave que no disponha de equipamento rdio, desde que a decolagem seja realizada de aerdromo desprovido de rgo ATS e a aeronave no cruze fronteiras internacionais
5 - As circulares de informao aeronutica tem por abreviatura:
AIC
IAP
ERC
IMA
6 - Quando duas aeronaves se aproximam de frente em rota de coliso ambas devem:
subir
descer
desviar os seus rumos para esquerda
desviar os seus rumos para direita
7 - O cdigo transponder que dever ser acionado por uma aeronave em emergncia :
7500
7600
2000
7700
8 - No vo VFR a responsabilidade em evitar abalroamentos com outras aeronaves do (a):
TWR
piloto em comando
APP
AFIS
9 - O rgo internacional cuja finalidade a padronizao internacional da aviao civil o (a):
ANAC
ONU
DECEA
OACI
10 - As pessoas devidamente habilitadas que exercem funo a bordo da aeronave so:
aerovirios
pilotos
tripulantes
operadores da aeronave
11 - O rgo responsvel em prestar ATC, FIS e AS no aerdromo e nas suas vizinhanas, a fim de se prevenir abalroamentos e colises :
AWY
APP
TWR
ACC
12 - O tem 15 do plano de vo, referente velocidade em cruzeiro, dever ser preenchido com a velocidade:
VA
VS
GS
VI
13 - O AFIS prestado por uma estao de comunicao localizada no aerdromo e recebe o nome de:
rdio
solo
autorizao de trfego
torre
14 - O piloto em comando de uma aeronave poder desviar-se das regras do ar, apenas quando houver:
certeza de que no causar conflito de trfego
absoluta necessidade, para manuteno da segurana
absoluta necessidade, para cumprimento de estimado
certeza de que no causar constrangimento
15 - Os servios de trfego areo (ATS) esto divididos em:
ATC, AWY, MDA e AS
ATC, FIS, ADA E AS
ATC, FIR, AWY e ADA
FIS e FIR
16 - Independente de solicitao do controlador, o piloto dever desligar o equipamento transponder da aeronave:
ao abandonar a escuta da TWR
antes de cortar os motores
na aproximao final
imediatamente aps o pouso
17 - As fases de emergncia, so classificadas, respectivamente, como fase de:
urgncia, alerta e dvida
socorro, incerteza e alerta
incerteza, alerta e perigo
alerta, dvida e perigo
18 - O rgo estabelecido para proporcionar servio de controle de trfego areo ao trfego do aerdromo, denominado:
AFIS
INFRAERO
ATZ
TWR
19 - O maior nvel de vo para a realizao de um vo VFR no rumo magntico 190 o FL:
245
100
145
135
20 - A abreviatura ALS, refere-se ao sistema de luzes:
de aproximao
da aeronave
de txi
do aerdromo