Regulamentos de Tráfego Aéreo - VFR
Simulado de
1 - O objetivo do ATIS :
aumentar a eficincia do controle e diminuir o congestionamento das frequncias de comunicaes
proporcionar a separao segura entre as aeronaves que chegam e que partem
controlar as aeronaves dentro da TMA
controlar as aeronaves dentro da ATZ
2 - O local adequado para a apresentao do plano de vo na(o):
INFRAERO
TWR
SAC
sala AIS
3 - Uma aeronave voando sob regras de vo visual no espao areo classe C, no FL135, ter o seguinte limite de velocidade:
380kt
250kt
280kt
350kt
4 - correto afirmar que o aerdromo cujo indicado de localidade SNAL:
no dispe de GND, mas possui TWR
dispe apenas de TWR
dispe apenas de AFIS
no dispe de estao de comunicao que executa o Servio Aeronutico
5 - No solo, antes da decolagem, a presso para o ajuste de altmetro em:
QFF
QFE
QNE
QNH
6 - Ambas aeronaves devero alterar seus rumos para a direita quando se:
cruzam
aproximarem de frente
aproximam verticalmente
afastam
7 - A ICAO reservou quatro grupos de letras para identificar as aeronaves brasileiras, so eles:
PT,PP,PR e PU
PT, PR, PB e BR
PT, F, N e PA
PJ, PB, PP e N
8 - O tem 15 do plano de vo, referente velocidade em cruzeiro, dever ser preenchido com a velocidade:
VS
GS
VI
VA
9 - Para a realizao de um vo VFR numa TMA a distncia de 27nm, necessrio o preenchimento na sala AIS de:
uma notificao de vo
apenas informar o GND
dispensvel o preenchimento
um plano de vo
10 - Uma aeronave voando no FL105, sob regras de vo visual, no espao areo classe B, dever ter a visibilidade mnima de:
5km
3km
8km
2,5km
11 - O limite lateral do espao areo superior :
100km de largura
30km de largura
80km de largura
o indicado nas ERC
12 - O ajuste de altmetro conhecido como "ajuste a zero", e que ir informar a altura da aeronave, conhecido como:
QFE
QFF
QNH
QNE
13 - Uma rea de controle, ou parte dela, disposta em forma de corredor, denominado(o):
FIR
corredor
terminal
aerovia
14 - Uma aeronave voando sob regras de vo visual (VFR), cujo rumo magntico durante a rota o 006, dever manter o FL:
075
065
070
410
15 - considerada como aeronave ultrapassadora aquela que se aproxima por trs de outra, em rumo, em relao ao plano de simetria da que vai ser ultrapassada, formando um ngulo:
igual ou maior a 90 graus
inferior a 70 graus
superior a 70 graus
igual a 70 graus
16 - Os servios de trfego areo (ATS) esto divididos em:
ATC, FIR, AWY e ADA
FIS e FIR
ATC, AWY, MDA e AS
ATC, FIS, ADA E AS
17 - Aps a decolagem de uma localidade desprovida de rgo ATS e sala AIS, a aeronave que pretende voar VFR em rota, deve apresentar em vo, ao rgo ATS apropriado o plano:
FPL
RPL
AFIL
AFIS
18 - Os espaos areos controlados que compreendem as aerovias superiores e outras partes do espao areo superior, so denominados:
reas superiores de controle
reas de controle
zonas de controle
reas de controle terminal
19 - Antes de receber instrues do ATC o cdigo transponder utilizado o:
7500
7700
7600
2000
20 - Num aerdromo, onde a pista em uso a 06R, o rumo que a aeronave ir manter na aproximao final de:
070
060
066
006